• Galeria de Vídeos

Sudão fecha fronteira com a Eritreia

A mudança ocorreu uma semana depois que Khartoum anunciou o estado de emergência em Kassala.

Sudão fecha fronteira com a Eritreia

O Sudão fechou sábado a fronteira com a vizinha Eritreia, uma semana depois que Cartum anunciou o estado de emergência na região de Kassala.

O movimento ocorreu pouco depois que o governador de Kassala, Adam Jamaa, negou relatos sobre a implantação de tropas para campanhas de desarmamento na região.

A agência de notícias oficial da SUNA disse que a Jamaa "emitiu uma decisão de fechar todos os cruzamentos de fronteira com a Eritreia, com base em um decreto presidencial para declarar o estado de emergência em Kassala".

A decisão foi efetiva a partir de 5 de janeiro de 2018, segundo a agência.

Na sexta-feira, o governador de Kassala negou os relatórios sobre o fechamento da fronteira entre os dois países.

A mídia local anteriormente afirmou que as forças militares egípcias e os grupos rebeldes da província de Darfur, destruída pela guerra, foram implantados ao longo da fronteira da Eritreia.

Na segunda-feira, o parlamento sudanês se reunirá para discutir um decreto presidencial para declarar um estado de emergência de seis meses em Kassala e no norte do Kordofan.



Notícias relacionadas