Coreia do Sul vai pôr completamente fim às suas importações de crude do Irão até ao fim do mês

A pressão de Washington influenciou a decisão sulcoreana.

Coreia do Sul vai pôr completamente fim às suas importações de crude do Irão até ao fim do mês

Segundo a agência de notícias iraniana Tesnim, as empresas do Irão que exportam petróleo para a Coreia do Sul foram informadas de que não haverá compras para além deste mês. Uma fonte próxima das empresas iranianas que exportam petróleo para a Ásia, disse que “o governo da Coreia do Sul fez pressão sobre as empresas que compram petróleo ao Irão. A partir de julho, ninguém na Coreia do Sul comprará mais petróleo ao Irão”.

Do outro lado da questão, na Ásia, surgiu entretanto a informação de que o Japão planeia continuar a importar petróleo do Irão, pelo menos até Setembro.

Depois de se terem retirado do acordo nuclear com o Irão, os Estados Unidos aplicaram sanções contra o país e pediram aos seus aliados que deixem de comprar petróleo ao Irão. A Coreia do Sul estava até agora a negociar com Washington a possibilidade de não ser afetada por este pedido americano.

Na Ásia, a Coreia do Sul, a China e o Japão são os países que importam maiores quantidades de petróleo do Irão.



Notícias relacionadas