A Capadócia vive o ano de ouro

Segundo dados do Ministério da Cultura e Turismo, na Capadócia, no período de janeiro a junho, em 2016 foram hospedados 672.730 turistas, em 2017 hospedou 908.294 turistas.

A Capadócia vive o ano de ouro

A zona da Capadócia, um dos centros turísticos importantes de história e natureza, este ano vive o ano de ouro devido ao número de turistas.

A Capadócia, famosa por suas chaminés de fadas, planaltos cobertos com formações rochosas naturais, mosteiros históricos esculpidos em rochas, passeios de balões de ar quente, turismo de natureza, cultura e história, nos primeiros seis meses a Capadócia foi visitada por um milhão 236. 355 turistas.

Os museus e locais históricos na área, que tem uma beleza natural sem paralelo, atrai turistas das quatro partes do mundo, este ano, em janeiro foi visitada por 102.540 turistas, em fevereiro por 110.289, março 172.033 em abril 320.287, em maio 280.246 e em junho por 250.960 turistas.

De acordo com o Ministério da Cultura e Turismo, a Capadócia no período janeiro-junho de 2016 havia hospedado 672.730 turistas, em 2017 hospedou 908.294 turistas.

No primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2016 o número de turistas que visitou a Capadócia teve um aumento de 83% e em relação ao mesmo período do ano passado foi um aumento de 36%.

A zona da Capadócia nos seis meses de 2014, onde se vive a densidade de mais turistas hospedou um milhão 661.413 turistas.

No mesmo período de 2015 a área foi visitada por um milhão 210. 975 turistas.

Quando tomado em conta os valores de junho, em 2014, no mesmo período, o número de turistas que visitam a área foi 243.106 e este número em 2001 foi de 226. 227 e em 2016 foi de 114.563 e em 2017 foi 220.972.

Este ano o número de visitantes em junho foi de 250.960.



Notícias relacionadas