Uma UE sem a Turquia fica a perder

O diretor do Instituto Intercultural de Direitos Humanos da Holanda, falou sobre as relações entre a Turquia e a EU.

Uma UE sem a Turquia fica a perder

Tom Zwart, o diretor do Instituto Intercultural de Direitos Humanos da Holanda, avaliou sobre as relações entre a Turquia e a EU e garantiu que a Turquia acrescenta valor à União Europeia. Segundo Zwart, uma UE sem a Turquia fica a perder.

Destacando a importância da adesão da Turquia à UE, Zwart salientou que “a Turquia registou um avanço considerável nas reformas do bloco comunitário, principalmente com os esforços do presidente Recep Tayyip Erdogan. Penso que a Turquia traz mais valor à UE. A adesão da Turquia, depois do Brexit, ganhou muito mais importância. Uma UE sem a Turquia fica a perder”.

Tom Zwart disse também que alguns dos problemas da UE não podem ser resolvidos sem a Turquia: “a UE deve estar contente e respeitar o acordo sobre imigrantes assinado em março de 2 016. A Turquia irá desempenhar um papel chave no futuro para outros problemas semelhantes. As negociações entre a Turquia e a UE devem continuar a um ritmo rápido. Quando a Turquia se tornar membro da família europeia, alguns convénios serão assinados mais facilmente” – uma situação que segundo Zwart é de grande importância para a Holanda.

“A entrada da Turquia na EU irá facilitar o comércio entre os dois países” – afirmou Zwart.



Notícias relacionadas