Jordânia: inundações matam 11 pessoas e obrigam a retirar milhares de turistas de Petra

Petra é considerada como um dos locais históricos mais importantes do mundo.

Jordânia: inundações matam 11 pessoas e obrigam a retirar milhares de turistas de Petra

Milhares de turistas foram retirados pelas forças armadas e proteção civil jordana da cidade de Petra, no sul do país. A chuva torrencial deu origem a enchentes e enxurradas que fizeram pelo menos 11 mortos. Segundo o governador da região, as forças armadas e a proteção civil evacuaram mais de 4 mil pessoas da província de Maan.

Petra é uma das sete maravilhas do mundo e foi diretamente afetada pela chuva torrencial. Mas segundo os responsáveis locais, não há registo de qualquer dano nos monumentos.

As previsões meteorológicas apontam para a continuação das chuvas, uma situação que fez com que o governo jordano ordenasse o encerramento de todas as áreas turísticas.

A cidade de Petra é um local arqueológico totalmente escavado na rocha, que remonta ao período dos nabateus, por volta do século V antes de Cristo. Petra é considerada como um dos locais históricos mais importantes do mundo.

Na sexta feira, foram divulgados nas redes sociais vídeos mostrandom torrentes de água nas ruas desta cidade histórica, uma situação extremamente rara no local.

O mau tempo na Jordânia já fez até agora um total de 11 mortos.



Notícias relacionadas