• Galeria de Vídeos

"Os terroristas no Iraque e na Síria já possuem tecnologias para fabricar substâncias químicas"

O diplomata russo alertou sobre o verdadeiro risco de terrorismo químico que deixa as fronteiras do Oriente Médio

"Os terroristas no Iraque e na Síria já possuem tecnologias para fabricar substâncias químicas"

Falando na sessão do Conselho de Segurança da ONU sobre a não proliferação de armas de destruição em massa, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, anunciou que o terrorismo químico que está crescendo no Iraque e na Síria está causando grande preocupação.

"Os militantes não só usam substâncias tóxicas, mas também possuem tecnologias e meios para fabricá-las. Além disso, eles desenvolveram uma ampla rede de acesso. Alguns países ocidentais preferem ser surdos ao uso e fabricação de armas químicas por militantes. Nos últimos três anos, fizemos propostas que foram rejeitadas todas as vezes por nossos colegas ocidentais que abordam suas acusações infundadas contra Damasco ", disse.

O diplomata russo alertou sobre o risco real de terrorismo químico que deixa as fronteiras do Oriente Médio, já que muitos estrangeiros têm conhecimento para usar e fabricar armas químicas.



Notícias relacionadas