Revista de imprensa turca: 13.02.2018

Aqui ficam alguns dos temas hoje em destaque nos principais jornais da Turquia:

Revista de imprensa turca: 13.02.2018

Star: “Yildirim: Toda a Europa pagará um custo muito elevado”

O primeiro ministro turco, Binali Yildirim, fez uma declaração conjunta com o seu homólogo da Macedónia, Zoran Zaev. O primeiro ministro da Macedónia está na Turquia para realizar contactos oficiais. Durante a conferência de imprensa dada pelos chefes de governo dos dois países, Yildirim falou sobre a operação Ramo de Oliveira e disse que “se a Turquia não proteger esta região, toda a Europa irá pagar um custo muito elevado tanto por causa da crise migratória, como por causa da onda de terrorismo. Vemos que infelizmente esta situação não é suficientemente apreciada por parte da União Europeia”.

 

Haber Turk: “Vice-primeiro ministro Çavusoglu: a atitude dos EUA coloca-nos a ponto de rompermos as relações”

O vice-primeiro ministro turco Hakan Çavusoglu avaliou as principais questões da agenda na TRT. Sobre a inclusão no orçamento americano de 2 019, de 300 milhões de dólares por parte da Secretaria de Estado da Defesa dos Estados Unidos (o Pentágono), para um programa de treino e armamento da organização terrorista que usa o nome de Forças Democráticas da Síria, e de mais 250 milhões de dólares para força de segurança fronteiriça criada por esta organização, o ministro turco disse que “se os Estados Unidos insistirem nesta atitude, de acordo com o nosso ponto de vista, e tendo em conta o que sabemos e conhecemos, esta abordagem irá conduzir os dois países a um ponto de quase rutura”.

 

Yeni Safak: “A mensagem de Çavusoglu antes da visita de Tillerson”

O ministro turco dos Negócios Estrangeiros, Mevlut Çavusoglu, fez declarações importantes antes da chegada à Turquia do secretário de estado americano, Rex Tillerson. Çavusoglu recordou que os Estados Unidos não cumpriram com as suas promessas e acrescentou que “as relações entre os dois países ou melhoram ou irão romper-se totalmente”.

 

Vatan: “Mais um país que vai comprar o helicóptero turco”

O ministro da Defesa das Filipinas, Delfin Lorenzana, disse que está a ser considerada a assinatura de um acordo com a Turquia, Coreia, Rússia e China para comprar um helicóptero de uso geral.

 

Sabah: “Foi eleito um turco para a presidência global da GLAFRI”

O diretor geral da Assan Aluminio, Goksal Gungor, foi eleito presidente global da Iniciativa Global de Produtores de Folha de Alumínio, que representa quase 50% da produção mundial de folha de alumínio. A organização é composta por 60 membros e tem operações em 28 países. Oliver Hommel deixará a sua posição a Goksel Gungor no final do mês de fevereiro.



Notícias relacionadas