Austrália vai pagar 53 milhões de dólares aos refugiados

O governo australiano ofereceu uma indemnização no valor total de aproximadamente 53 milhões de dólares americanos, aos refugiados detidos na Papua Nova Guiné.

Austrália vai pagar 53 milhões de dólares aos refugiados

A Austrália vai oferecer um total aproximado de 53 milhões de dólares ao refugidos detidos no Centro de Processamento Regional de Manus Island, na Papua Nova Guiné – devido aos danos físicos e psicológicos causados entre os anos de 2 012 e 2 016.

Rory Walsh, o advogado da empresa de advocacia Slater & Gordon que interpôs a ação em nome dos detidos, indicou que o governo federal australiano aceitou pagar indemnizações a 1 905 pessoas que foram detidas no Centro de Processamento Regional de Manus Island, na Papua Nova Guiné.

O advogado principal do processo, Andrews Baker, indicou que as indemnizações irão ser dadas em valores iguais a todos os detidos naquelas instalações.

“Este acordo era um passo importante para o reconhecimento das condições extremamente hostis a que os detidos foram submetidos na ilha” – afirmou Baker.

Caso o tribunal aceite a proposta de indemnização do governo, 20 milhões de dólares australianos serão pagos diretamente pelo governo federal.



Notícias relacionadas